Reeleito prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto quer parcerias com a iniciativa privada para driblar crise econômica do país

Prestes a iniciar seu terceiro mandato como prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB) já definiu a principal marca de sua próxima gestão: a realização de parcerias público-privadas para driblar a falta de recursos gerada pela crise econômica vivida por todo o país, especialmente pelas gestões municipais e estaduais, e continuar garantindo a oferta de serviços de qualidade para a população manauara.

“O signo dessa nova gestão minha é parceria público-privada. Vamos fazer muito isso. Tirar de onde tem recursos para se colocar onde os recursos são necessários, onde o povo precisa, para nós levarmos à cabo essa tarefa transformadora”, revelou o tucano.

Artur Neto também destacou o esforço feito por sua gestão para preservar a saúde financeira do município mesmo em meio ao caos econômico que marcou os anos em que o PT esteve à frente do governo federal. “A prefeitura está organizada no plano fiscal, está organizada do ponto de vista do que ela tem que honrar com os seus fornecedores, está pronta para viver sozinha – como viveu durante o cerco que sofremos do PT por três anos longos – e vai viver melhor acompanhada, porque acreditamos, agora, em apoio federal”, salientou.

“Vamos obter também, se Deus quiser, recursos internacionais e recursos privados das parceiras público-privadas, que para mim são a chave da resposta que uma sociedade de economia frágil, como está a brasileira hoje, pode buscar para alavancar o crescimento sustentável”, emendou Artur Neto, que teve sua primeira experiência como prefeito de Manaus entre 1989 e 1993.

O prefeito reeleito da capital amazonense também declarou que melhorias na mobilidade urbana da cidade serão sua prioridade para o mandato 2017-2020. “Nós vamos jogar muito forte na direção do BRT [Transporte Rápido por Ônibus], mantendo a prefeitura equilibrada como ela está”, disse o tucano.

Sucesso do PSDB
O sucesso dos candidatos tucanos nas eleições municipais deste ano também foram motivo de comemoração para Artur Neto. Em sua visão, o bom desempenho do partido – que elegeu 804 prefeitos e mais de 5.300 vereadores no pleito realizado em outubro – demonstra que o PSDB segue representando o sentimento de transformação do país.

“O PSDB é forte, é visto como um partido responsável, como portador de boas novas – fez o Plano Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal, organizou as finanças desse país, promoveu a primeira geração de reformas estruturais. Nós temos outras [reformas] a fazer. Temos mais deveres a serem cumpridos pelo PSDB, liderando, ao lado de outros partidos, um processo de mudança no país. O PSDB continua sendo a mudança”, afirmou o prefeito.

Comente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here