Neste domingo (4), eleitores de seis municípios foram às urnas para eleger novos prefeitos em eleições suplementares. Esse tipo de eleição se faz necessária nos casos em que os candidatos mais votados em outubro de 2016 tiveram seus registros de candidatura cassados pela Justiça Eleitoral.

Confira, a seguir, o resultado do pleito em cada uma dessas cidades localizadas em cinco estados:

Minas Gerais

No município de Cristiano Otoni (MG), Élcio de Rezende, o Zé Élcio (PSB), foi eleito com 1.874 votos, alcançando mais de 56% do total de votos válidos.

Mato Grosso do Sul

Em Tacuru (MS), o novo prefeito eleito é Carlos Pelegrini (PMDB), que alcançou 51% dos votos válidos e 2.672 votos no total.

Paraná

Em Quaraqueçaba (PR), Ariad Junior (PMDB) foi eleito com 56% dos votos válidos, totalizando 3.207 votos.

Em Moreira Sales (PR), o eleito foi Rafael Prado (PMDB) com 4.409 votos, o que representa mais de 56% dos votos válidos.

Pará

Tomé-Açú (PA) elegeu Aurenice Ribeiro com 12.554 votos, o que representa 35% do total. Ela concorreu com outros três candidatos e recebeu a maioria dos votos válidos.

Tocantins

No município de Taguatinga (TO), o prefeito eleito foi Altamirando Zequinha (PV), que recebeu 55% dos votos, representando 4.220 votos no total.

Os eleitores que não puderam comparecer às urnas em cada um desses municípios deverão justificar a ausência até o dia 3 de agosto, ou seja, 60 dias após a eleição, conforme determina a legislação eleitoral.

Comente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here