Flávio Bolsonaro lança pré-candidatura à Prefeitura do Rio com foco em segurança e educação
Flávio Bolsonaro lança pré-candidatura à Prefeitura do Rio com foco em segurança e educação

Pré-candidato reafirma seu compromisso de ser “empregado” da cidade e diz que o respeito com o dinheiro público é um valor dos políticos
da sua família

(Rio de Janeiro) – O pré-lançamento da candidatura do deputado estadual Flávio Bolsonaro à Prefeitura do Rio reuniu ontem, no auditório da Bolsa de Valores do Rio, cerca de 900 apoiadores e militantes do Partido Social Cristão.

“Se a atual crise política teve algum aspecto positivo é o fato de os brasileiros, especialmente os jovens, estarem mais interessados em política”, acredita o presidente do PSC, Pastor Everaldo.

“Um País melhor começa pelo município, com uma política feita com seriedade, honestidade, coragem e respeito ao dinheiro público”, garante Flávio. “Vamos priorizar a segurança pública, uma educação de qualidade e um atendimento na saúde humanizado. Estou preocupado em como estará a situação do Rio no ano que vem, mas o desafio de não permitir que falte dinheiro para o básico é a minha motivação”, diz ele, que defende propostas de forte impacto social em segurança e educação.

Pastor Everaldo enfatizou a importância da reunião preparatória para a convenção partidária agendada para julho. “É uma oportunidade de apresentar pré-propostas para melhorar a cidade do Rio de Janeiro, importante capital cultural do Brasil. Nosso partido é norteado por princípios cristãos – e a educação é um eixo fundamental para o desenvolvimento. Estamos muito felizes em ter conosco nesse desafio a família Bolsonaro”, afirma.

O deputado federal Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSC à Presidência da República em 2018, considera que o Brasil vive uma nova situação política. “A direita agora tem cara, voz e voto”, ressalta.

Flávio Bolsonaro, que vem aparecendo tecnicamente em segundo lugar em diversas pesquisas à Prefeitura do Rio, declara que há 14 anos faz da política um instrumento para melhorar a vida dos cidadãos. “O apoio ao meu mandato cresceu mais de 500% ao longo deste período”, conta. Na primeira eleição, em 2002, ele teve pouco mais de 30 mil votos. Na última, 160 mil.

Gabriela Athia – Somma Comunicações

Comente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here