Países adiaram eleições em março e abril, Coreia do Sul foi exceção

As bem-sucedidas eleições da Coreia do Sul estão entre as raras votações mantidas durante a pandemia da Covid-19. Ao contrário da Coreia do Sul, dezenas de países – em fases diferentes do surto – resolveram adiar consultas populares agendadas para março e abril.

Um levantamento realizado pelo International Foundation for Electoral Systems (IFES) lista 47 países que adiaram suas eleições, dentre eles África do Sul, Argentina, Austrália, Espanha, França, Índia, Nigéria e Rússia. Confira o relatório completo do levantamento do IFES clicando aqui.

No caso do Brasil, as eleições municipais têm calendário fixo em outubro. Porém, diante da necessidade de pelo menos três meses de preparação das urnas eletrônicas, já há um diálogo entre o Tribunal Superior Eleitoral e o Congresso Nacional sobre possível adiamento das eleições para o dia 15 de novembro. A decisão final deverá ser tomada até o mês de maio.  

(Com informações do Expresso)

Print Friendly, PDF & Email

Comente essa notícia

Please enter your comment!
Please enter your name here