Impeachment vai prejudicar aliados de Dilma nas eleições

Impeachment vai prejudicar aliados de Dilma nas eleições
Impeachment vai prejudicar aliados de Dilma nas eleições

Senadores do PT se dizem pressionados por prefeitos do partido, às vésperas da eleição, a serem comedidos na apresentação de recursos contra o Impeachment de Dilma, atrasando o andamento do processo no Senado. A ideia é “virar a página” antes do início da campanha. A Pesquisa nacional do Instituto Paraná, em abril, mostrou que 62,2% dos eleitores não votarão em candidato pró-Dilma, no Impeachment. Na Paraíba os aliados de Dilma mantém candidaturas próprias nas principais cidades do Estado.

O impeachment preocupa especialmente o PT/SP. O prefeito Fernando Haddad, por exemplo, teme perder aliados como o PR de Tiririca. O PT está preocupado com o estrago que o impeachment e a crise moral causam nas prefeituras. Mais de 70 prefeitos eleitos pelo PT em 2012 não estão mais no partido; redução de 12% dos 619 eleitos.

Partidos próximos ao antigo governo federal tentam se afastar da imagem tóxica de Dilma e do PT pois querem “ocupar o vácuo”, afirma o portal Diário do Poder na coluna do jornalista Cláudio Humberto deste domingo (15). Apesar do empenho de partidos como o PR, PP, PTB e até Rede e PCdoB, descolando-se do PT, a vinculação a Dilma os prejudicaria destaca o portal na baseado na pesquisa nacional do Instituto Paraná, em abril, onde mostra que 62,2% dos eleitores não votarão em candidato pró-Dilma, no Impeachment.

PB Agora

Comente

Your email address will not be published. Required fields are marked *