Datena anuncia que sairá do PSL rumo ao PSD

O apresentador de TV José Luiz Datena anunciou que deixará o PSL apenas quatro meses após se filiar ao partido. O destino já foi definido: será o PSD, liderado por Gilberto Kassab, que recentemente ganhou o reforço do presidente do Congresso e do Senado, Rodrigo Pacheco (MG).

Até então, Datena era considerado um possível pré-candidato à Presidência da República, mas seu futuro era incerto, já que o PSL decidiu se unir ao DEM para formar o União Brasil. O partido conta, agora, com o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta como principal nome para encabeçar ou integrar uma chapa em 2022.

Já no PSD, destino de Datena, quem será o candidato, segundo Gilberto Kassab, será Rodrigo Pacheco. O senador mineiro, no entanto, ainda não confirmou a informação e aparece, segundo as últimas pesquisas eleitorais, em último lugar entre os candidatos considerados de terceira via, considerando Sergio Moro (que deve se filiar ao Podemos na próxima semana); Ciro Gomes (PDT); João Doria (PSDB); Mandetta (DEMl); Datena (de saída do PSL) e o senador Alessando Vieira (Cidadania).

Segundo informações do jornal Estado de São Paulo, Datena deverá disputar uma cadeira no Senado. O PSD teria, então, um candidato ao governo do estado, na figura de Geraldo Alckmin, e Pacheco como candidato à presidência.

Fonte: Estado de Minas

Print Friendly, PDF & Email