As eleições de outubro deste ano são um marco para a participação das mulheres na política e, em especial, no PSD. O partido tem candidatas ao Executivo e ao Legislativo em 24 Estados: são quase mil mulheres disputando uma cadeira nas câmaras municipais e quase 500 candidatas a prefeita e vice.

Este desempenho se deve à atuação de Alda Marco Antonio à frente do PSD Mulher. Ex-vice-prefeita de São Paulo e coordenadora nacional do núcleo feminino do partido, Alda vem se dedicando, nos últimos anos, a estimular a participação das mulheres na política com reuniões por todo o Brasil. “O esforço do PSD Mulher, neste momento, é apoiar todas as candidatas, buscando o maior número possível de eleitas”, diz Alda. Veja, abaixo, o seu depoimento sobre o engajamento das mulheres do partido na política e na campanha eleitoral.

Dois Estados do Nordeste se destacam entre os 24 nos quais o PSD tem candidatas: na Bahia, são 33 mulheres disputando os cargos de prefeita ou vice-prefeita, e no Rio Grande do Norte são 26 candidatas a prefeita e oito a vice-prefeita. Nesses dois Estados, Alda Marco Antonio aponta o incentivo de duas lideranças do partido, o governador Robinson Faria (RN) e o senador Otto Alencar (BA).

Comente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here