“Nunca gostei de prorrogação, vamos ganhar é agora”, diz Romário ao lado de Crivella
“Nunca gostei de prorrogação, vamos ganhar é agora”, diz Romário ao lado de Crivella

A escalação de Romário ao lado de Marcelo Crivella já vinha sendo desenhada há algum tempo. O senador do PSB chegou a lançar sua pré-candidatura a prefeito, mas o ex-atacante campeão do mundo em 1994 e ex-artilheiro da seleção recuou quando quiseram escalá-lo ao lado de Indio da Costa (PSD). Convocado para apoiar a candidatura de Crivella (PRB), Romário chega mais uma vez “na cara do gol” e, lembrando os tempos de gramado, levanta a torcida para decidir logo a partida.

“O Rio, como todo o Brasil, vive um momento muito difícil, complexo, complicado. Já fizemos grandes obras, mas as pessoas ficaram em segundo plano. Está na hora de mudar isso. Vejo no senador e no futuro prefeito Crivella, que é ficha-limpa, essa vontade, essa disposição. Tenho certeza que é um cara cumpridor de suas palavras. É a primeira vez na minha vida que vou tirar a camisa 11 e vestir a 10. Nunca gostei de prorrogação. Vamos ganhar é agora”, afirmou Romário, fazendo alusão ao número de Crivella.

O auditório da sede do PRB, em Benfica, ficou lotado neste sábado (24) durante a apresentação de Romário. Feliz com o novo companheiro no time da campanha, Crivella usou o jargão do futebol para acentuar que vai cuidar das pessoas, sobretudo as que mais precisam.

“Nossa campanha é linda e vem com o carimbo do povo. Queremos ver nosso povo feliz, correndo atrás da bola. Mas isso precisava estar materializado,  e tinha que ser no Romário. Quando ele fazia um gol pela Seleção, a gente até esquecia as coisas tristes da vida. Com o Romário, vamos dar de 10 a 0 na miséria”, disse Crivella.

Durante o evento, o ex-jogador foi convidado pelo presidente nacional interino do PRB, Eduardo Lopes, a deixar o PSB, que apoia Indio da Costa (PSD), para se filiar ao partido de Crivella.

“Só vou quebrar o protocolo aqui. Não poderia perder esta oportunidade, ainda mais que o Romário me perguntou agora: O Wagner Montes já está no PRB? Já está no PRB (desde março)! Quero aproveitar esse momento. Sei, Romário, que seu partido certamente não está satisfeito com sua atitude. Então quero dizer para você, você sabe disso, o PRB está de portas abertas!”, declarou Lopes, suscitando um coro do público de “Olê, olê, olê, olá, Romário chegou para ficar”.

O senador do PSB não descartou a possibilidade de se filiar ao PRB no futuro.

“Por enquanto, não. Quem sabe, mais para frente”, disse.

Da sede do PRB, Crivella e Romário saíram em carreata por bairros da Zona Norte, do Jacarezinho a Madureira. O candidato do PRB assumiu o microfone do carro de som e, durante todo o percurso, falou no nome de Romário. E a popularidade do senador do PSB logo foi testada positivamente. Muitos motoristas e pedestres paravam para tirar foto com o ex-jogador.
A chegada de Romário reforçou os cálculos sobre possível vitória de Crivella no primeiro turno da eleição. Segundo o candidato, são necessários mais 180 mil votos para ele ganhar a eleição sem necessidade de segundo turno.

Texto: Ascom – Marcelo Crivella
Foto: Edvaldo Reis

Comente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here