Com foco na gestão, Reno Marinho quer mais qualidade de vida em São Rafael (RN)

Para saber como o novo prefeito de São Rafael (RN) pretende administrar o município pelos próximos quatros anos, a Agência PRB Nacional conversou com o advogado Reno Marinho (PRB), eleito com 50,5% dos votos válidos após disputar três eleições seguidas. O republicano tem pela frente o desafio de resolver os problemas enfrentados pela população.

Entre as prioridades de seu mandato, Reno tem como meta resolver o problema do sistema de abastecimento de água e está empenhado em buscar parcerias para gerar mais emprego e renda no município. Ele é casado, pai de um garotinho de 4 anos e tem a política no berço familiar. O pai dele já foi prefeito por três mandatos e a mãe também venceu as eleições municipais e vai para o segundo mandato como vereadora.

Confira a entrevista na íntegra:

 

ENTREVISTA

Agência PRB Nacional – Conte um pouco da sua trajetória na política. Essa foi a sua primeira candidatura?
Reno Marinho – Na verdade eu já tinha disputado as eleições municipais de 2008 como candidato a prefeito. Tive que substituir o candidato do nosso grupo a menos de 30 dias das eleições e mesmo assim fiquei em 3º lugar com 28,7% dos votos válidos. Voltei a disputar em 2012 e conseguimos uma excelente votação, perdendo a campanha por apenas 371 votos para o prefeito da época, que conquistou a reeleição. Em 2016, pela terceira vez consecutiva, enfrentei a campanha e tive a felicidade de ser eleito nas urnas com 50,5% dos votos válidos.

 

Agência PRB Nacional – Enfrentar uma campanha já é difícil e você disputou três vezes consecutivas. Qual foi a principal motivação para você ter continuado persistente nesse sonho de ser prefeito de São Rafael?
Reno Marinho – Carrego comigo o sonho de ver uma São Rafael com mais emprego, renda e melhor qualidade de vida da população. O nosso município se encontra no sertão do Rio Grande do Norte e apesar de sermos vizinhos de uma barragem, maior reservatório do nosso estado, a nossa economia é fraca. Tínhamos uma trajetória muito forte na agropecuária até meados da década de 80 – época de criação da barragem e reconstrução da cidade. Só que a nossa maior fonte de renda, que era o rio, deixou de existir. O povo foi retirado de terras férteis e colocado num local não apropriado para agricultura, que era nossa principal fonte de renda. Isso fez a nossa economia definhar.

E eu vendo essa situação, ao longo do tempo, comecei a me preocupar com a situação do povo, que queria emprego e não tinha, queria melhor qualidade de vida, mas a economia local não dava sustentação para isso. Foi a partir desse momento que comecei a colocar minhas propostas de governo como alternativa para mudar essa realidade. Desde então, essa tem sido a minha motivação de continuar na luta política pelos últimos 8 anos de forma contínua.

 

Agência PRB Nacional – Como você pretende resolver esses problemas?
Reno Marinho – São Rafael é um município com diversas potencialidades econômicas. Temos muita água para fomentar o turismo de aventura, temos terras boas, locais históricos como a casa do Barão de Serra Branca, que na época era dono de todas as terras aqui ao redor da região do Vale do Açu, sem contar os diversos pontos culturais que podem gerar emprego e renda para o nosso povo. Só para você entender melhor, aqui em São Rafael temos até pinturas rupestres que propiciam a exploração do turismo ecológico. Então, essa é uma das saídas e a outra seria trabalhar para aproveitar o espelho d’água da nossa barragem. Hoje, infelizmente, nós não conseguimos dar o devido aproveitamento, não conseguimos explorar a pesca de cativeiro e outras culturas, falta incentivo do governo e nós vamos mudar isso. Para desenvolver nossa economia local, vamos priorizar o Turismo e criação de peixes em cativeiro.

 

Agência PRB Nacional – Na sua avaliação, além do desemprego, quais são os maiores problemas de São Rafael?
Reno Marinho – A moradia é um dos grandes problemas que enfrentamos na atualidade. Por incrível que pareça, ainda temos uma grande quantidade de casas feitas de taipas. Apesar de ter sido criado em 1982 com todas as casas de alvenaria, o município cresceu de forma desordenada e isso fez com que muitas famílias fossem para locais sem infraestrutura necessária e sem condições de construir casas apropriadas. Nós temos, atualmente, cerca de 300 casas de taipas em todo o município. Existe um bairro na zona urbana que tem algo em torno de 100 casas, conhecido como “Rua do Toco” e dessas, cerca de 80 são de taipa. Também na zona urbana enfrentamos esse problema. Além da falta de estrutura de habitação, nós enfrentamos o problema de abastecimento d e água, que com essa seca, o município entrou em colapso. Apesar da represa, faltam investimentos por parte da operadora do sistema e nós vamos cobrar melhorias e fazer o que for preciso para acabar com esse problema na nossa cidade.

 

Agência PRB Nacional – E para as áreas de Saúde e Educação, quais serão suas propostas?
Reno Marinho – Diante de todos os problemas nacionais que nós sabemos que são problemas localizados, nós também temos o compromisso de focar nosso trabalho na melhorias dos serviços públicos de saúde e educação. Na Saúde, precisamos fazer uma ampla reforma no hospital municipal, que nunca passou por nenhuma intervenção desde a construção, realizada há mais de 30 anos. Tudo lá funciona de forma precária e nós temos o compromisso de mudar isso.

Já na Educação, nosso principal problema é a falta de recursos para investimentos. Quase 90% dos recursos do Fundeb são comprometidos com folha de pagamento do magistério e, por isso, sobra muito pouco para investimento. Praticamente todo recurso é utilizado para custeio. Acredito que por meio de uma gestão modernizada, de uma maior preocupação com a excelência nos investimentos públicos é que nós iremos buscar melhorar os serviços públicos de Saúde e Educação em nosso município.

Agência PRB Nacional – Diante dos desafios que você tem pela frente, podemos dizer que o seu governo terá uma preocupação especial com a gestão?
Reno Marinho – São Rafael é um município que tem a menor cota no Fundo de Participação dos Municípios (FPM) no estado e, justamente por isso, temos que administrar com eficiência, sempre preocupado com a economia do dinheiro público. As despesas públicas municipais crescem anualmente, muitas vezes, por conta da ausência de parcerias com o governo federal nesse sentido. Nós temos muitas ações que vem do governo federal, mas o custeio fica por conta do município. Fazer uma gestão eficiente com foco no resultado é uma consciência que tenho. Estou pronto para administrar São Rafael com o objetivo de garantir uma melhor destinação dos recursos públicos e não vou ficar somente no custeio da máquina pública, até mesmo porque o município não precisa somente disso, precisa ir além. Vamos buscar investimentos para resolver os problemas locais. Tenho a firmeza em dizer que ser mais gestor e menos político, sem a cabeça na reeleição. Essa é uma postura que precisa ser adotada no início do mandato porque, se deixar para depois, lá na frente não será possível equacionar o crescimento desenfreado da despesas públicas.

 

Agência PRB Nacional – Você tem um histórico de prestação de serviços jurídicos gratuitos à população carente de São Rafael. De que forma esse contato com a realidade das pessoas poderá ajudá-lo a fazer um mandato de excelência?
Reno Marinho – Lidar com pessoas, principalmente na atividade jurídica se assemelha em vários casos ao exercício da Medicina. O médico cuida da vida e o advogado cuida do bem da vida. Muitas vezes é uma pessoa que tem uma necessidade tão extrema de conseguir um tratamento médico que o município não pode disponibilizar, conseguir ter acesso ao medicamento de alto custo. Essa experiência me fez desenvolver uma sensibilidade muito grande para entender a realidade do povo simples. Lidar com essas pessoas em situação de vulnerabilidade me fez repensar muitas coisas da minha vida, muitas verdades que eu tinha como absolutas e não eram. São situações relativas que a gente precisa se colocar no lugar da outra pessoa para que possamos refletir e ter essa sensibilidade de ajudar. Eu penso que o convívio com essas pessoas me trouxe essa percepção social com um grau de realidade muito grande, que vai me ajudar a ser um bom prefeito, sensível aos problemas sociais.

 

Agência PRB Nacional – Você disputou as duas primeiras eleições por outro partido. O que o levou a se filiar ao PRB para disputar as eleições de 2016?
Reno Marinho – Eu tive a oportunidade de conhecer o PRB em 2010, quando comecei a trabalhar como advogado da Confederação Nacional da Pesca e lá conheci o senador Marcelo Crivella (hoje prefeito do Rio de Janeiro) e o presidente nacional Marcos Pereira (hoje licenciado e ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços). Foi muito inspirador para mim ver a forma correta e comprometida como os dirigentes do PRB trabalham. Adquiri um visão política muito mais aprofundada e foi um período da minha vida que aprendi muito. Diante disso, escolhi o PRB porque, infelizmente, a gente vê em alguns lugares legendas partidárias que têm donos e no PRB não funciona dessa forma. A partir do momento que eu passei a conviver em Brasília com a Executiva Nacional, e aqui também com a Executiva Estadual, percebi que a gente tinha liberdade de conduzir o partido e fazer o possível para fortalecer a legenda e isso foi uma das coisas que mais me chamou a atenção para me filiar ao PRB. Me filiei em 2013, inclusive eu sou o primeiro secretário do partido aqui no estado.

 

Agência PRB Nacional – O que o povo de São Rafael pode esperar do seu governo?
Reno Marinho – Com certeza muito trabalho, atenção e diálogo. Infelizmente a classe política tem sofrido uma certa resistência da população, justamente pelo fato de perdido a capacidade de ouvir os anseios populares. Serei um prefeito presente, que vai andar pelas comunidades rurais e bairros para ouvir as pessoas e buscar soluções para os problemas encontrados. Além disso, podem esperar de mim um prefeito ético e com muito cuidado e respeito com a coisa pública.

Por Agência PRB Nacional

Comente

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here